mestre de yoga e diretora de movimento

ATUAÇÃO PROFISSIONAL


Professora de balet clássico no Ballet Dalal Achcar durante oito anos.

Bailarina e solista de balet clássico na companhia de dança "Ballet do Rio de Janeiro".

Bailarina de danças contemporânea e moderna nas companhias de dança mais importantes do Rio de Janeiro.

Professora da disciplina "Técnica Teatral em Dança", no curso de "Licenciatura Plena em Dança" - UniverCidade desde 2005.

Diretora do "Curso de Licenciatura Plena em Dança" na UniverCidade, de 1994 a 2001.

Curadora da série de livros "Lição de Dança", lançada entre 1994 e 2001, com textos dos mais respeitados pensadores na área da dança no Brasil. Este material é fonte de pesquisa para alunos de cursos e universidades de dança brasileira.

Vinte e cinco anos de atuação como diretora e coreógrafa para teatro, televisão, dança, cinema e shows de música.


Televisão

“Rede Globo de Televisão – TV GLOBO”: diretora de movimento e coreografa em novelas, com destaque para "Quem é Você?"(1996), episódios do programa semanal "Você decide" e em clipes musicais, onde trabalhou com diretores como Herval Rossano, Mauro Mendonça Filho, Murilo Salles, Walter Avancini e Wolf Maya.

"Rede Record": preparadora de elenco das novelas com diretores como Alexandre Avancini e João Camargo.

Produções independentes: trabalho com os diretores Carol Jabor, Mini Kertz e João Henrique Jardim.


Cinema

“Madame Satã” (2002) – coreógrafa e preparadora corporal do filme brasileiro e francês, dirigido por Karim Ainuz. A produção recebeu 35 indicações a prêmios, tendo vencido em 21 ocasiões, como o Chicago Internacional Film Festival, em 2002, nos Estados Unidos, Festival de Havana, em 2002, em Cuba, “Grande Prêmio BR do Cinema Brasileiro”, em 2003, no Brasil, e o Festival de Cartagena, em 2004, na Colômbia.

“Mais uma vez Amor” (2005) – diretora de movimento da produção. Direção: Rosane Svartmann. Atores principais: Juliana Paes e Dan Stulbach.


Teatro

Indicada quatro vezes a prêmios como coreógrafa, atuou também como preparadora corporal, diretora de movimento e diretora artística de mais de 30 espetáculos teatrais. Seu trabalho ainda engloba performances musicais/teatrais com grupos de percussão e shows.

Destaque para os trabalhos como preparadora corporal e coreógrafa desenvolvidos em vários espetáculos do diretor Ernesto Piccolo, um dos nomes mais conhecidos no cenário teatral carioca: "A Guerrinha de Tróia" (1992) , "O Passado a Limpo" (1996), "O Futuro era hoje" (1997) e "Com o Rio na Barriga" (1997), vencedores do “Prêmio Coca-Cola de Melhor Espetáculo”, além de "Mais uma vez amor" (2003), estrelado por Luana Piovani e Marcos Palmeiras.


A parceria com o diretor Enrique Diaz rendeu novas experiências: administração e direção artística do Teatro Ziembinsky-Rio, além da realização de vearios workshops juntos. Destaque para o trabalho em "Paixão Segundo GH" (2002), monólogo com a atriz Mariana Lima, que participou de vários festivais pelo Brasil e Europa.

Entre os projetos desenvolvidos como coreógrafa, preparadora corporal e assistente de direção para o diretor Moacir Góes estão “Toda Nudez será Castigada”, com Marília Pêra, e “Sete Gatinhos” (ambos em 2008), além do elogiado “Bispo Jesus do Rosário” (1999).


Outros espetáculos teatrais

“O menino do Egito” (1986) – coreógrafa e preparadora corporal. Direção: Carlos Wilson. 

“A Verdadeira História de AHQ” (1988) – coreógrafa e preparadora corporal. Direção: Anselmo Duarte. Vencedor do Prêmio Minc Mambembe nas categorias espetáculo e direção em 1988.

“O Patinho Feio” (1989) – Prêmio Coca-Cola de melhor coreografia. Direção: Toninho Lopes.

“O Falcão e Imperador” (1990) – direção e direção musical da adaptação inspirada no livro “Ascese – Os Salvadores de Deus”, do escritor grego Nikos Kazantzákis. Estrelado por Letícia Spiller e Jac Fagundes.

“A Narrativa do Cortador de Bambu” (1994) – estreia como diretora.

“Ali Baba e os 40 Ladrões” (1992) – coreógrafa e preparadora corporal. Direção: Wolf Maya.

“O Patinho Feio” (1995) - coreógrafa e preparadora corporal. Direção: Gilberto Gawronki. O monólogo, estrelado pelo ator Ricardo Blat, recebeu o “Prêmio Coca-Cola” e o “Prêmio Mambembe” de melhor ator.   , convidados para o Festival de Lion.

“Exorbitâncias – Uma Farândola Teatral” (1995) – preparadora corporal. Direção: Antônio Abujamra.

“Zé” (1996) – preparadora corporal e diretora de movimento desenvolvida em parceria com o indígena Txucarramãe Kaká Werá. Direção: Angelo Antonio.

“O Pedido de Casamento” (1996) – coreógrafa e preparadora corporal. Direção: Marcus Alvisi.

“A Vida é Sonho” (1997) – preparadora corporal. Direção: Gabriel Vilela

“Amor Consciente” (1997) – preparadora corporal. Direção: Celina Sodré. Estrelado por Beth Goulart.

“Abre Alas” (1998) – coreógrafa e preparadora corporal. Direção: Charles Möeller e Claudio Botelho. Estrelado por Rosamaria Murtinho.

“Romeu e Julieta” (2001) – coreógrafa e preparadora corporal. Direção: Pedro Vasconcelos

“Paisagem” (2005) – diretora e operadora da trilha sonora. Monólogo estrelado por Jac Fagundes.

“Love´n Blembers” (2008) – supervisora e preparadora corporal. Direção: Georgette Fadel.

“Baite Man” (2008) – preparadora corporal. Direção: Gerald Thomas. 


Espetáculos de dança

“Incanat” (1996) –preparadora técnica dos bailarinos da “Lia Rodrigues Companhia de Danças” para apresentações no Brasil e em festivais da Europa, principalmente da montagem do espetáculo “Incanat”.

“Caminho Aberto” (2007) – diretora

“DAMA” (2007) – diretora e responsável pela concepção do espetáculo. Participação no Festival “Danse a Lille”,na França, em março de 2008.


Performances musicais/teatrais

“A Conferência dos Pássaros” (2006) – apresentada em espaços públicos e galerias do Rio de Janeiro, Salvador e Brasília. Em cada cidade, foi ministrou workshops para grupos de atores, músicos e bailarinos locais. Com direção musical de Lan Lan foi apresentada no Riocenacontemporânea.

“A Conferência dos Pássaros“ (2009) – apresentação como parte da programação de “A Energia da Arte”, que reuniu performances de artes, música, dança, intervenções, teatro e contação de histórias no Sesc Rio de Janeiro.


Trabalho de corpo e treinamento em Yoga com a cantora Vanessa da Mata.

apresentaçãoapresent.html../Daniella_Visco/about_me.htmlshapeimage_1_link_0